Home Ração Acessórios Farmácia CEAD Aves & Roedores Jardinagem Pesca Quem Somos Fale Conosco


PULGA

A pulga é um inseto hematófago, ou seja, se alimenta de sangue para nutrir a próxima geração.

Existem cerca de 2000 espécies de pulgas no mundo porém o que mais encontramos nos nossos cães e gatos, é a especie Ctenocephalides felis felis, que apesar do nome lembrar felinos, estes insetos não distingem cães, gatos ou mesmo humanos.

São insetos pequenos que normalmente medem 4 mm porém conseguem pular 75 vezes a sua altura e 25 vezes o seu comprimento, podendo pular de animal para animal ou para pessoas.

Muitas pessoas só lembram das pulgas quando nos nossos animais de estimação (cães e gatos), nós mesmos ou as nossas crianças começam a coçar e não damos muita importância, pois normalmente é só dar um banho ou aplicar algum medicamento próprio.

Bem não é tão simples assim, se houver uma infestação muito grande em um animal novo (filhote), idoso ou debilitado, a infestação pode levar a morte do animal. Ainda há o problema que somente 5% das pulgas são visíveis (os que estão nos animais ou em nós) e o restante está no ambiente, portanto é necessário o controle em todas as frentes, no animal e no ambiente.

Quanto as doenças que a pulga pode transmitir podemos citar os principais:

1. Quando ingeridas pelos cães e pelos humanos as pulgas infestadas com os ovos da larva Dipylidium caninum, um verme parecido com a solitária humana, podem ficar com este verme adulto levando, nos casos dos cães, emagrecimento, queda de pêlo, diarréia e até a morte caso não seja tratada. Como pode ser transmitido para o homem, trata-se de zoonose.

2. DAP – Dermatite Alérgica a Pulga, são dermatites que se manifestam em cães sensíveis ao anti-coagulante excretado pela pulga no momento em que pica o animal.

3. Nos gatos há o parasita do sangue que causa a Hemobartolenose que a pulga passa através da picada o parasita Hemobartonella felis, cujos sintomas são a fraquesa, depressão, anemia , perda de peso e se não tratada a morte.

Ciclo da Pulga

A proliferação das pulgas acontece mais intensamente durante o verão e a primavera, porém o ciclo não para mesmo nas estações mais frias.

ADULTO: As pulgas adultas põe cerca de 2.000 durante a vida de dois meses, onde constantemente estão se acasalando, sugando o sangue para nutrir os ovos e botando os ovos. Os ovos são postos nos animais e logo caem no chão.

OVOS: Estes eclodem em até 6 dias gerando as larvas.

LARVAS: Estas tentam se esconder em locais profundos e escuros e dentro de aproximadamente 15 dias viram pupas.

PUPAS: Estas podem ficar dormentes até 6 meses e são imunes à maioria dos produtos de limpeza.

Portanto para combater as pulgas, não adianta somente matar os que estão no animal, mas em todo o ambiente que ele fica e refazer o tratamento semanalmente para combater cada fase da metamorfose deste inseto.

Consulte sempre um veterinário para que ele possa orientar a melhor forma de combater as pulgas.

 

Armando J Tanaka
CEAD – Chácara Pêssego

topo